Sivut kuvina
PDF
ePub

ser

tamente? Perderiaõ o seo lucrativo ramo de commercio, e Portugal está determinado a proteger todas as boas manhas e artes !

Em uma das Gazetas de Lisboa vimos o Edital seguinte, que vamos transcrever :

“ O' Principe Regente N. S. por sua Resolucao Soberana de 5 de Outubro de 1815, tomada em Consulta da Direcçao da Real Fabrica de Sedas e Obras de Agoas Livres : Foi servido prohibir geralmente a introducçao nestes Reinos dos tecidos de seda de todas as qualidades, vindos de paizes estrangeiros, salvas porem as estipulaçoens do Tratado de Commercio entre o mesmo Augusto Senhor e S. Magestade Bri. tannica. E para constar se mandou affixar este Edital-Lisboa em Direcçao de 23 de Fevreiro de 1816.-Joze Acurcio das Neves.-Joze Barboza de Amorim.”

Se a Real Fabrica de Sêdas de Lisboa ja supre competentemente o que Portugal consome neste genero, boa será a prohibiçaõ absoluta; mas se assim nað hé, receamos muito que os contrabandos venbað a excessivos, é que nada se temedeie com estas providencias em um paiz como o nosso, aonde quem quer hé impunemente contrabandista, sem que se tomem as medidas efficazes que pede a gravidade da materia. Nós já dicemos nas Reflexoens que fizemos ao artigoEstados Unidos-, que direitos mui fortes sao as vezes muito mais proveitozos que uma prohibiçaõ absoluta; porem como nesta materia nao estamos sufficientemente informados, nem sabemos até que ponto de extensañ e perfeiçaõ tem sido levados os nossos tecidos de sêda, por isso nað avançaremos asserçoens vagas; e suppomos que nesta parte a Direcçaõ da Real Fa, brica procederia com toda a circumspecçao e intelli gencia. Outro ponto, que hé preciso nað perder de vista, hé :-que ficando salvas todas as estipulacoens commerciaes entre Portugal e a Gram Bretanha, nað sirva isto para se introduzir toda a sorte de manufacturas de seda estrangeira, com o pretexto e capa de serem fazendas Inglezas. Nesta parte, para a Real Junta hir coherente, bé preciso conservar sempre os olhos bem abertos ; ó que hé bem de esperar do seo zello e actividade.

VOL. xv.

Entre as muitas Mercês, que, S. A. R. tem feito a individuos do Reino de Portugal, transcrevemos a seguinte, concedida a favor de um dos Secretarios do Governo:

“O Principe Regente Meu Senhor querendo annuir aos dezejos que lhe mostrou a Condeça de Vimieiro, D. Joanna Eulalia Freire de Andrade, de dar a seo marido D. Miguel Pereira Forjaz, Tenente General dos seos Reaes Exercitos, uma prova de reconheci. mento, e justa retribuiçaõ do muito amor, e da mais perfeita harmonia que entre ainbos tem havido: Há por bem, em attençao aos bons e distinctos serviços que este lhe tem feito, como Secretario do Governo de Portugal e dos Algarves nas Repartiçoens de que se acha encarregado desde a memoravel epocha da Restauraçao, fazer-lhe mercê da sobre vivencia dos Bens da Coroa e Ordens que possue a Condeça sua mulher, por Decreto de 23 de Dezembro de 1802, e Portaria de 21 de Março de 1809, para se lhe verificar em sua vida depois da morte della; de que se lhe passarao os despachos necessarios.- Palacio do Rio de Janeiro, em 30 de Outubro de 1815."

(Assigoado) Marquez de AGUIAR."

INGLATERRA. Os grandes negocios politicos da Europa vao terminando em estillo de Comedia; isto hé, os Principes, já desafrontados dos sustos que lhes deo Buonaparte,

agora trataõ de cazamentos; e aos ruidozos hymnos da guerra vað succeder os epithalamios e as danças. Em Hespanha vaõ haver nao menos que dois cazamentos, um ein França, outro em Hollanda, e a final, um em Inglaterra. A bella e amavel Herdeira do throno Britannico já fez a sua escolha, e vai associar ás affeiçoens do seo coraçao e aos destinos do seo futuro reinado um Principe Allemaõ, tao distincto pelas suas qualidades pessoaes como pela pobreza da sua illustre Caza. Diz-se que a cerimonia matrimonial, entre S. A. R. a Princeza Carlota e S. A. o Principe Leopoldo de Saxe Cobergh, será celebrada em Carlton

[ocr errors]

House pelo Arcebispo de Canterbury, terça feira á noite, 16 de Abril corrente. Acrescenta-se mais : - que o Principe de Cobergh será feito Duque de Kendal, e que S. A. R. a Princeza Carlota de Galles, Herdeira presumptiva do throno, tomará tambem o titulo de Duqueza de Kendal, titulo que só hé conhecido em Inglaterra por ser o mesmo que teve uma Princeza Allemam em tempo de George I. O Bill de Natusalizaçao do Principe de Cobergh já passou em ambas as Cazas do Parlamento.

O dia 18 de Março de 1816 nota uma epoca de um grande e memoravel triumfo do povo Inglez sobre o actual Ministerio. A proposta do Chanceller do Exchequer para a continuação da Taxa, chamada de Propriedade, foi regeitada pela Caza dos Commons contra toda a expectaçao dos Ministros, que bem mal supunbaõ teriaõ tal revez. Este tributo de guerra era muito oppressivo naõ tanto pelas quantias que obrigava a pagar, como pelo modo do seo lançamento e cobrança; e por esta raza) os Inglezes o detestavað, e o denominavao Inquisitorial e tiranico. Quando no anno passado elle foi prorogado até este Abril corrente haviaổ prometido os Ministros que elle de todo acabaria, e nessa supposiçaõ foi votado pelo Parlamento. Mas esquecido já o Chanceller do Thezouro da palavra que havia dado no anno passado, queria ainda com mil pretextos continua-lo; e entao a voz do povo Inglez se fez ouvir por toda a parte pelo meio poderozo das Petiçoens, de sorte que os seos Representantes em Parlamento se viram em necessidade de lhe fazer justiça, e de contrariar o Ministerio. Esta liçao, ainda que nao tivesse outro fim vantajozo, era necessaria para ensinar os Ministros a terem palavra, e a nað tra: tarem o..povo como se trataõ crianças, a quem quaze sempre se promete com intençao de faltar.Com effeito se o Ministerio, depois de ter dado a sua pa. lavra o anno passado-de que a Taxa de Propriedade era só por um anno,-levasse agora ávante o seo projecto, de certo, ufano com a victoria, tentaria e executaria de boje em diante quanto quizesse ou lhe lembrasse. Mas esta batalha perdida tanto lhes chegou ao vivo, que logo na sessao seguinte o Chanceller do Thezouro reio lançar voluntariamente aos pés dos

Representantes do povo outro dos seos tropheos antigos de guerra-a Taxa sobre a cevada de que se faz a cerveja,-que emportava em 2 milhoens sterlinos.

Grande couza e grande bem hé poder o povo livremente reclamar, e queixar-se por meio de Petiçoens ! Sem esta prerogativa o povo Inglez certamente ainda se veria vexado com este tributo inquisitorial, e seria sempre taxado á vontade dos Ministros. Na verdade, hé destino bem cruel que só se avalie o povo como uma mina de oiro, e que nem se quer se lhe conceda o direito de queixar-se sem ser havido como rebelde! Por seo interesse proprio devia) todos os Monarcas conceder esta prerogativa aos seos povos; porque assim viriaõ seinpre no conhecimento do estado da naçað; e por culpa ou por caprichos de seos delegados nað recahiria) odios paõ merecidos sobre as pessoas dos Soberanos. Esta mesma questað sobre a Taxa de Propriedade provavelmente ainda produzirá outros bens mui consideraveis, como a reducçao do exercito, e de pensoens e salarios extraordinarios ou superfluos; porque os Ministros começaõ a proceder com muita inedida e cautella, uma vez que se lhes extingaio uma grande fonte de riqueza, e receað fazer novas propostas, que sejaõ regeitadas, e de todo os desacreditem na opiniao pública. A naçao e o Parliamento estao deterininados a empregar uma rigoroza economia, e fazem bem ; porque sem economia nao ha permanencia de prosperidade, e por consequencia nem governo estavel, nem independencia nacional. . Este mesmo espirito de economia se vê agora bem na pensáð annual, que se estipulou para a Princeza e seo marido. A Herdeira do throno mais poderozo e rico do mundo, a pezar de viver em um paiz o mais caro e mais dispendiozo que há, só tem 60 mil libras de renda, que pouco mais fazem que 500 mil cruzados da nossa moeda. Daqui podem aprender outros Prineipes a viver com economia, e a conhecer, que a dignidade Real nao consiste em gastar somas enormes, porem sú o que hé sufficiente para o esplendor do Lugar que occapao; porque todas as demazias que inutilmente despendem vem de certo a faltar a sabsistencia do povo. A soma que tambem agora se acaba de pedir para um Principe Francez, como em outro

lagar já mencionamos, lié bem limitada en comparaçaõ do que se gasta em outras partes, pois que apenas monta a 400 mil cruzados. Mas isto paõ adinira tanto em França, aonde se pode viver com metade do que se gasta em outros paizes : o cazo praticado em Inglaterra hé muito mais digno de notar-se, porque a Princeza Carlota e seo marido vað passar com uma renda bem inferior á que tem muitos dos seos futuros vassallos.

Muito sentimos nao poder dar aos nossos leitores a traducçao dos muitos e interessantes discursos que nesta Sessao do Parlamento se tem feito sobre as inportantissimas materias que nelle se tem discutido ; mas apenas poderiamos organisar alguns extractos, que bem pouca ou nenhuma idea daria) do seo mere. cimento, e o transcreve-los por extenso seria impossivel, atendendo a que sao de ordinario mui longos, e ao muito que sobre outros assumptos somos obrigados a escrever, O Parlamento Inglez hé o unico grande Senado moderno, em que se trata) questoens verdadeiramente importantes de legislaçao e de politica, objectos quase desconhecidos ou indifferentes nas outras partes da terra; assim nað hé de admirar que Inglaterra com tal constituiçaõ, e com taes meios seja a primeira naçao do mundo, e as outras sejað tað apoucadas em poder, e dignidade.

PORTUGUEZ de Março, No. XXIII., pag. 498. Em remate, por nossa parte, de tudo o que havemos escripto sobre a prorogaçao da Companhia do Algarve diremos someote que nos constou ainda, que para a Resoluçao Regia que o Principe Regente N. S. tomou sobre aquella materia, precederam e subiram á sua Real presença

1. loformes e pareceres dos Juizes Territoriaes daquelle Reino: 2. Representaçoens e Pareceres das Cameras : 3. Consultas do Real Conselho da Fazenda e da Real Junta do Commercio: 4. Pareceres dos Governadores do Reino de Portugal. Todas estas diligencias se fizeraõ, e todos estes documentos se aprezentaram a S. A. R. antes que elle tomas-se a sua final Resoluçao.

« EdellinenJatka »